Santos é sufocado, mas vence o Atlético-PR e avança às quartas

Assim como diante do Flamengo torcida promete novo corredor de fogo na Vila

Assim como diante do Flamengo torcida promete novo corredor de fogo na Vila

O goleiro santista em nenhum momento se mostrou abatido por não ter sido convocado para a seleção brasileira. Sendo assim, os santistas se classificam mesmo se perderem por 1 a 0 ou 2 a 1.

O técnico Fabiano Soares lamentou a derrota em casa a primeira partida, mas elogiou o sistema do time. Na próxima fase o Alvinegro faz o clássico nacional com o Grêmio.

A consagração de Vanderlei se deve ao nervosismo de seus companheiros.

Mas o Santos garantiu a classificação em um contra-ataque aos 32 minutos. O beque tentou a cabeçada de peixinho e mandou a bola para fora. Tive a felicidade de tirar aquela bola. O documento oficial foi o mesmo utilizado para viabilizar a partida contra o Atlético-PR, na última quinta-feira (10), pelas oitavas de final. Era o limite máximo de sufoco que um time que tinha a vantagem poderia passar dentro de sua casa. O time pode empatar ou até perder por um gol, desde que não sofra mais do que dois. A bola passou por cima do gol de Weverton.

Vanderlei acredita que a chave para o Santos seguir na Libertadores é conseguir se impor como visitante. "Estou muito feliz", explicou Bruno Henrique na saída do gramado. Parecia mesmo o dia para Vanderlei fazer justiça. Com o resultado, o Furacão encerra a quinta participação na principal competição do continente.

Como precisava de uma vitória por mais de um gol de diferença, o Atlético Paranaense começou a partida esboçando uma pressão, mas era o Santos quem criava as principais oportunidades.

Porém, no único ataque decente do Santos em toda a partida, Lucas Lima avançou, tocou para Ricardo Oliveira que fez perfeito cruzamento para Bruno Henrique marcar o gol da classificação santista.

Invicto na Libertadores, o alvinegro praiano vem bastante confiante para o duelo.

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato (Alison), Yuri (Jean Mota) e Lucas Lima; Copete, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Atlético-PR - Weverton; Jonathan, Paulo André, ThiagoHeleno e Fabrício;Rossetto, Lucho González, Guilherme, Nikão e Sidcley (Pablo); e Ribamar (Ederson).

Noticias recomendadas

We are pleased to provide this opportunity to share information, experiences and observations about what's in the news.
Some of the comments may be reprinted elsewhere in the site or in the newspaper.
Thank you for taking the time to offer your thoughts.